Tragédia em transporte aéreo: Cachorro de Sinop morre após ser enviado por engano para o Ceará -Veja!

Um incidente trágico ocorreu com um cachorro de cinco anos durante seu transporte aéreo pela Gollog, divisão de cargas da Gol Linhas Aéreas. O animal, que deveria ser transportado do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para Sinop, Mato Grosso, acabou sendo enviado erroneamente para Fortaleza, Ceará, na segunda-feira (22).

O golden retriever, chamado Joca, estava acompanhado de seu tutor, João Fantazzini, que voou no mesmo avião que inicialmente deveria levar ambos até Sinop. Contudo, após aterrissar e não encontrar seu pet, João foi informado sobre o erro de destino. Desesperado, ele retornou a São Paulo para aguardar o retorno de Joca, que foi transportado de volta de Fortaleza.

Infelizmente, a reunião nunca aconteceu. Quando Joca chegou ao aeroporto de Guarulhos, ele já estava morto. A família acusou a companhia aérea de negligência, alegando que Joca não recebeu os cuidados necessários durante o trajeto. A Gollog, por sua vez, afirmou que o animal foi monitorado durante toda a viagem e que sua morte foi um evento inesperado.

Este trágico evento levantou questões sobre os protocolos de segurança e cuidado animal em transportes aéreos. A família divulgou vídeos que mostram Joca bebendo água em Fortaleza, tentando apontar que o cachorro estava vivo e ativo antes do voo de volta para São Paulo. A investigação sobre o incidente ainda está em curso, com a família buscando respostas e justiça para Joca.

Veja também
Recentes