Torcedor do Mixto comete Injúria racial durante partida do Brasileirão feminino contra o Bahia

Um grave incidente de injúria racial ocorreu durante o confronto entre Mixto e Bahia pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A2, realizado no último domingo no estádio Dutrinha. Um torcedor do Mixto foi flagrado insultando racialmente o árbitro Pedro Henrique Pio de Jesus, chamando-o repetidamente de “macaco”.

O episódio foi documentado em vídeo e chegou ao conhecimento de Pedro Henrique através de seu irmão, Rodrigo Pio, também árbitro da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF). As ofensas foram proferidas enquanto a equipe de arbitragem se dirigia ao vestiário durante o intervalo da partida.

O árbitro Pedro Henrique Pio de Jesus registrou um boletim de ocorrência após receber o vídeo das ofensas, conforme descrito na súmula do jogo: “um torcedor com a camiseta da equipe do Mixto Esporte Clube, no local destinado à torcida do Mixto, vociferou palavras de cunho racista em direção ao árbitro.”

O Mixto Esporte Clube emitiu uma nota oficial lamentando e repudiando o incidente, reforçando seu compromisso com o respeito e a igualdade. O clube também informou que deu suporte ao árbitro e tomou medidas legais em conjunto com ele, registrando um boletim de ocorrência para que os fatos sejam devidamente investigados e os responsáveis, responsabilizados.

Veja também
Recentes