Acusado de matar e arrastar mulher em Sinop é preso durante fuga. Veja vídeo:

Na noite da última segunda-feira (3), Wellington Honorato dos Santos, de 32 anos, foi preso sob a acusação de assassinar Bruna de Oliveira, de 24 anos, no domingo (2), em Sinop, a 500 km ao norte de Cuiabá. Após o crime, Santos fugiu, levando toda a mobília de sua residência, sendo localizado posteriormente em Nova Maringá.

Segundo o delegado Rafael Guerra, de São José do Rio Claro, o crime foi marcado por extrema crueldade. Bruna foi morta com um corte profundo no pescoço, e seu corpo foi amarrado a uma motocicleta e arrastado por cerca de quatro quadras pelas ruas de Sinop.

A prisão de Santos não foi tranquila; ele demonstrou agressividade e resistiu, mesmo algemado. Esse comportamento violento ressalta a brutalidade do crime cometido.

O caso gerou grande comoção na comunidade e nas redes sociais, com diversas manifestações de repúdio à crueldade do ato. A polícia continua a investigação para reunir todas as provas necessárias para o julgamento.

Esse episódio destaca a necessidade de uma resposta eficaz das autoridades para combater a violência e garantir a segurança da população. As ações rápidas e eficientes da polícia na captura do acusado foram cruciais para dar uma resposta à sociedade e iniciar o processo de justiça para a vítima.

A expectativa agora é que a justiça seja feita, trazendo um mínimo de conforto para os familiares e amigos de Bruna de Oliveira. O caso segue em investigação, e Santos deve responder judicialmente por seus atos, enfrentando as consequências de seus crimes.

Veja também
Recentes