Vereador Paulo Henrique expressa surpresa ao ser alvo de operação policial; veja vídeo:

Vereador Paulo henrique diz que é inocente

Durante entrevista ao Jornal da Cultura (90.7 FM) na manhã desta última sexta-feira (7), o vereador de Cuiabá, Paulo Henrique (MDB), abordou as acusações que envolvem seu nome na Operação Ragnatela, deflagrada na quarta-feira (5). A operação investiga um suposto esquema de lavagem de dinheiro vinculado ao Comando Vermelho, envolvendo casas noturnas na capital. Paulo Henrique expressou surpresa ao saber que era um dos alvos da operação e, além disso, afirmou estar tranquilo em relação às investigações.

Relação com Rodrigo Leal

Paulo Henrique destacou que sua única conexão com o caso é a amizade de longa data com Rodrigo Leal, produtor de eventos preso na operação. “Conheço Rodrigo há 25 anos. Ele foi meu produtor no bloco carnavalesco Confraria do Bode e, por conta dessa amizade, o indiquei para o cerimonial da Câmara. Não tinha conhecimento das suas atividades ilícitas”, afirmou o parlamentar. Além disso, ele enfatizou que jamais se envolveu em qualquer atividade criminosa​.

Negação de benefícios ilícitos

O vereador também abordou a questão das doações de telhas, negando qualquer benefício ilícito. Ele explicou que contratou a empresa de Willian Aparecido da Costa Pereira, também preso na operação, para realizar obras na sede do sindicato. Paulo Henrique destacou que todo o processo foi legal e transparente. “Foi feita uma cotação de preços e, assim, a empresa do Willian foi a mais barata. Tudo foi pago conforme combinado e, além disso, temos os recibos para comprovar”, ressaltou Paulo Henrique.

Reação às acusações

Paulo Henrique enfatizou seu respeito pelo trabalho da polícia, mas, no entanto, classificou as acusações como infundadas. “Respeito o trabalho da polícia, mas ultrapassaram os limites. Isso é mentira, pura mentira”, declarou o vereador, demonstrando sua indignação perante a situação.

Vai buscar a reeleição

Em suma, o vereador finalizou a entrevista reafirmando sua inocência e compromisso com a população. “Não tenho nada a temer. Continuarei com meu trabalho e, portanto, buscarei a reeleição”, concluiu, destacando sua confiança na justiça e seu comprometimento com os eleitores

Veja também
Recentes