Vereador Geraldo Neto morre atropelado durante romaria; veja vídeo

O vereador por Rio Verde (GO) Geraldo Neto Almeida, conhecido como Geraldo Neto do Povo, de 45 anos, morreu atropelado na BR-060 durante a romaria do Divino Pai Eterno. O acidente ocorreu no último sábado (6/7), próximo ao município de Guapó, na região metropolitana de Goiânia. Minutos antes da tragédia, o parlamentar postou um vídeo nas redes sociais, compartilhando sua jornada rumo a Trindade.

Última mensagem

Geraldo Neto, que havia começado sua caminhada em Rio Verde, no sudoeste do estado, percorria cerca de 225 km a pé até Trindade para participar da festa religiosa. Em seu vídeo, publicado às 7h02 da manhã, ele disse: “Bom dia, povo de Deus. Sabadou. Estamos a 10 km de Guapó. Obrigado por colocar a gente nas orações de vocês. Fácil não está. É muito difícil, mas o Divino Pai Eterno está esperando a gente lá”. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o vereador foi atropelado às 7h15.

Dinâmica do acidente

De acordo com a PRF, um veículo invadiu o acostamento e atropelou Geraldo Neto. O motorista fugiu sem prestar socorro. Além disso, o impacto foi tão forte que um pedaço do para-choque do veículo se partiu e ficou no asfalto. Jander Costa, da PRF, declarou: “Estamos verificando uma série de situações que possam identificar o quanto antes esse motorista”.

Geraldo Neto caminhava com dois amigos, que, felizmente, não se feriram no acidente. Um dos amigos, que preferiu não se identificar, confirmou que o vídeo foi gravado às 7h02 da manhã. Entretanto, a PRF continua investigando o caso e, além disso, busca por pistas que levem à identificação do motorista.

Legado de Geraldo Neto

Em suma, Geraldo Neto do Povo, conhecido por sua dedicação e proximidade com a comunidade, deixa um legado de serviço público e compromisso com as causas populares. Sua morte trágica interrompe uma carreira marcada pelo trabalho árduo e pela fé.

Veja também
Recentes