Jovem usa parte de galão de leite para trancar portão e viraliza. Veja vídeo:

Tá seguro pô, confia! 🤣 Um jovem viralizou nas redes sociais ao compartilhar o método super seguro (#SQN) de trancar o portão de casa.

O vídeo que capturou a atenção de milhares de internautas apresenta um jovem demonstrando um método bastante improvisado e inseguro de trancar o portão de sua casa, contrapondo-se ao senso comum de segurança residencial. Na gravação, ele usa uma combinação de objetos domésticos comuns — um cabide de arame e uma corda de varal — para criar um mecanismo de travamento que, apesar de sua confiança, claramente não oferece uma segurança real.

Esse tipo de conteúdo, apesar de ser apresentado de forma humorística, levanta questões sérias sobre a segurança residencial. Enquanto alguns usuários nas redes sociais reagiram ao vídeo com risadas e memes, outros expressaram preocupação sobre a mensagem subjacente, especialmente considerando que muitas pessoas podem não ter recursos para investir em sistemas de segurança adequados.

A viralização do vídeo também destaca como as redes sociais podem ser plataformas poderosas para disseminar rapidamente tanto práticas questionáveis quanto soluções inovadoras. No caso do jovem e seu método de trancar o portão, a situação serve como um lembrete irônico de que nem todas as “soluções” vistas online são apropriadas ou seguras.

Além disso, o episódio pode ser um ponto de partida para uma discussão mais ampla sobre a segurança domiciliar em contextos de desigualdade econômica. Em áreas onde os moradores não podem se dar ao luxo de sistemas de segurança modernos e eficazes, improvisações como a mostrada no vídeo se tornam mais comuns, embora não recomendadas.

Especialistas em segurança recomendam que, independentemente do orçamento, é crucial adotar medidas básicas de proteção, como instalar fechaduras robustas, manter a iluminação adequada ao redor da casa e promover a vigilância comunitária. Essas práticas podem ajudar a mitigar os riscos de invasões e aumentar a segurança de todos os moradores.

Finalmente, enquanto o vídeo trouxe um momento de humor e entretenimento para muitos, ele também serve como um lembrete valioso de que a segurança residencial não deve ser tratada levianamente. Investir em medidas de segurança confiáveis e educar-se sobre práticas seguras são passos essenciais para proteger residências e comunidades.

Via Metrópoles

Veja também
Recentes