Fofura! Menino chora ao ter que se “Despedir” do cocô: “Tem que ir embora”. Veja vídeo:

A jornada do desfralde é um marco significativo na vida de qualquer criança e seus pais. Recentemente, um vídeo tocante de Miguel, um pequeno garoto enfrentando seu primeiro dia sem fraldas, ganhou o coração de internautas. Compartilhado pela mãe de Miguel, o vídeo mostra o menino emocionado ao ter que se despedir de seu cocô, um método que algumas famílias usam para ajudar as crianças a entender o processo de desfralde.

Via Metrópoles

No vídeo, que já alcançou mais de 700 mil curtidas nas redes sociais, Miguel é visto indo até a borda do vaso sanitário, enquanto sua mãe o incentiva com palavras carinhosas: “Filho, cocô não é nosso. Cocô tem que ir embora.” A técnica de dizer “tchau” ao cocô pode parecer simples, mas representa um grande passo para os pequenos, ajudando-os a compreender a transição da fralda para o uso do vaso sanitário de maneira menos traumática e mais lúdica.

Especialistas em desenvolvimento infantil ressaltam que cada criança é única e reage de forma diferente ao desfralde. O choro de Miguel ao se despedir simboliza não apenas uma perda, mas também um avanço em seu crescimento e independência. A mãe de Miguel comentou sobre a experiência, dizendo: “Mesmo com algumas lágrimas na despedida, é um lembrete de que cada criança reage de uma maneira única a essa fase.”

Além do aspecto emocional, o desfralde é uma etapa importante para o desenvolvimento da autonomia da criança. Profissionais da área de saúde infantil sugerem que a introdução gradual e o estímulo positivo são essenciais para um desfralde bem-sucedido. O relato da mãe de Miguel sobre iniciar os estímulos mesmo antes do desfralde completo é um exemplo de como os pais podem preparar seus filhos para essa transição de forma consciente e respeitosa às suas emoções.

Este caso de Miguel ilustra como as redes sociais podem ser uma plataforma valiosa para compartilhar experiências pessoais e receber suporte durante os desafios da parentalidade. Cada comentário e curtida no vídeo de Miguel não apenas amplia a visibilidade sobre variadas técnicas de desfralde, mas também forma uma comunidade solidária em torno das realidades da criação de filhos.

Veja também
Recentes