Cachorrinho continua “Nadando” após resgate em enchente no RS. Veja vídeo:

Mais um cão foi salvo durante as enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, considerada a maior tragédia climática da história do estado. O resgate, registrado em vídeo pela voluntária @dra.camilaheluany em Canoas, mostra o cachorro ainda nadando após ser retirado das águas.

Via Metrópoles

As enchentes, que começaram no final de abril, causaram destruição em diversas cidades do estado, resultando em dezenas de mortes e desaparecidos. Em meio ao caos, o esforço humanitário tem sido essencial para salvar vidas, tanto humanas quanto animais.

Voluntários e equipes de resgate trabalham incansavelmente para socorrer aqueles afetados pelas inundações. Em Canoas, um centro improvisado acolhe cerca de 600 cães resgatados, oferecendo abrigo e cuidados essenciais. A ação de voluntários, como Camila Heluany, é vital para enfrentar a crise.

Nas redes sociais, Camila compartilhou um desabafo emocionado sobre o esforço coletivo: “O trabalho que os humanos têm feito é indescritível. O que seria disso tudo se não fossem as mãos? Se não fosse o coração? Se não fosse a doação? A doação de tempo, de conhecimento, de abrigo, de uma blusa, de um pacote de arroz, de uma toalha, de uma coberta, de 2 reais, de 1 milhão. Como estaríamos se não fosse a ação?”, escreveu.

O resgate de animais é uma parte crucial das operações de emergência, demonstrando a solidariedade e empatia da comunidade diante de uma tragédia sem precedentes. A dedicação de voluntários e profissionais de resgate continua sendo um farol de esperança em meio às dificuldades.

Veja também
Recentes