Bicho-Preguiça é resgatado dentro de rack em diretoria, imagens circulam na web. Veja vídeo:

Na última terça-feira (7/5), um fato inusitado chamou a atenção na reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. Um bicho-preguiça foi encontrado abrigado dentro de um rack na sala de redes dos computadores. O animal, buscando um ambiente quente para se aquecer, encontrou refúgio na estrutura tecnológica da universidade.

Via Metrópoles

A presença do bicho-preguiça foi percebida por um dos colaboradores da UFPB, que notou uma movimentação estranha dentro do equipamento. Ao investigar, o colaborador se deparou com o animal, nativo da América Central até a América do Sul, e imediatamente acionou a segurança do campus.

Um segurança da própria faculdade foi chamado para realizar o resgate. A operação foi conduzida de maneira tranquila, e o bicho-preguiça foi devolvido em segurança à mata que circunda o campus da UFPB. Esse tipo de ocorrência não é raro, uma vez que a região é habitat natural desses animais.

Os bichos-preguiça são conhecidos por seu comportamento calmo e movimentos lentos. Eles habitam florestas tropicais e subtropicais da América Latina, desde Honduras até o sul do Brasil. Adaptados para uma vida arbórea, esses mamíferos passam a maior parte do tempo pendurados em galhos, alimentando-se de folhas e brotos.

Apesar de parecerem vulneráveis, os bichos-preguiça possuem garras afiadas e uma forte musculatura, que lhes permitem segurar-se firmemente nos galhos e defender-se de predadores. A busca por locais quentes, como o interior de um rack de computadores, pode ser explicada pelo metabolismo lento desses animais, que precisam de fontes externas de calor para regular sua temperatura corporal.

O incidente na UFPB destaca a importância de uma convivência harmoniosa entre humanos e a fauna local. A presença de um bicho-preguiça dentro de um prédio administrativo sublinha a proximidade da universidade com áreas verdes, ressaltando a necessidade de conscientização e proteção dos habitats naturais desses animais.

O resgate do bicho-preguiça na UFPB serve como um lembrete da rica biodiversidade presente no Brasil e da importância de ações que garantam a segurança e a preservação da vida selvagem. A atuação rápida e eficaz da equipe de segurança da universidade foi crucial para o desfecho positivo dessa história.

Veja também
Recentes