Assassinos de professor do Salesiano são levados para a DHPP de Cuiabá. Veja vídeo:

Na manhã desta sexta-feira (10), três dos quatro suspeitos pela morte do professor Celso Odinir Gomes, de 60 anos, foram detidos em uma região de mata em Cuiabá. Os detidos incluem um adulto e dois menores de idade, que agora estão sob custódia na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá. A quarta suspeita, uma jovem que é namorada de um dos menores, já estava detida na delegacia.

https://twitter.com/perrenguemt/status/1789122697743540627?s=46&t=Yc1cq8v5LS7ivMmdfGGgxw

Via RepórterMT

O crime chocou a comunidade local, e a motivação ainda está sendo investigada pelas autoridades. A polícia não divulgou muitos detalhes sobre as circunstâncias que levaram ao homicídio, mas uma coletiva de imprensa foi marcada para as 16h de hoje, onde o delegado responsável pelo caso fornecerá mais informações sobre o andamento das investigações.

O professor Celso Odinir Gomes era conhecido e respeitado na comunidade, o que torna o crime ainda mais perturbador para os moradores. A detenção dos suspeitos ocorreu após intensas buscas na região de mata, demonstrando a eficiência da operação policial em resposta ao crime.

A coletiva de imprensa desta tarde é aguardada com expectativa, já que deverá trazer à tona detalhes cruciais sobre as razões por trás do homicídio e os próximos passos da investigação. A polícia de Cuiabá continua trabalhando para esclarecer todos os aspectos do caso e garantir que os responsáveis enfrentem a justiça.

Este incidente ressalta a importância da segurança pública e da rápida ação das forças policiais em casos de homicídio, especialmente envolvendo figuras respeitadas da comunidade como o professor Celso. A comunidade espera que a investigação seja concluída rapidamente e que a justiça seja feita para a família da vítima e todos os afetados por esta tragédia.

As atualizações sobre o caso continuarão a ser acompanhadas de perto pela imprensa e pela população local, que busca respostas e justiça para o professor Celso Odinir Gomes.

Veja também
Recentes
Pintor morre eletrocutado em obra da Setasc em Cuiabá
Um trágico acidente de trabalho vitimou Paulo César, um pintor de 42 anos, na manhã desta terça-feira (21). O incidente ocorreu em uma obra da Secretaria de Estado e Assistência…
Vovô de olho