Arbítrio se pronuncia após confusão com indígenas em jogo de futebol em Barra do Bugres-MT

Após o tumulto ocorrido durante uma partida de futebol envolvendo indígenas em Barra do Bugres, o policial militar que sacou sua arma durante o episódio fez sua declaração sobre o ocorrido.

Segundo o relato do policial, houve um desentendimento entre os times e os indígenas agrediram um dos árbitros com palavras ofensivas e chutes. A comissão de arbitragem decidiu então eliminar o time indígena da competição. Contrariados com a decisão, os indígenas partiram para cima dos árbitros com violência.

O policial, que estava à paisana e atuava como árbitro, levantou sua arma, mas não a apontou nem ameaçou ninguém. Ele relatou que fez isso em autodefesa para evitar ser agredido pelos indígenas e afirmou que não agiu com violência durante o incidente.

Veja abaixo a notícia sobre a versão reparadas por testemunhas.

Veja também
Recentes
Memes do vovô