[Vídeo] Influenciador viraliza ao expor estrangeiros que teriam sido pagos para torcer na Copa do Catar

O humorista e tiktoker australiano Jon-Bernard Kairouz, de 25 anos, está gerando polêmica ao questionar a autenticidade de certos torcedores que foram assistir à Copa do Mundo no Catar. Ele publicou um vídeo no TikTok no último domingo (27/11) que viralizou ao mostrar fãs que estavam do lado de fora de um dos estádios do Mundial vestindo camisetas do Brasil, mas que pareciam desconhecer a Seleção Brasileira.

Kairouz faz as mesmas perguntas ao grupo de torcedores, mas a edição do vídeo compartilhado na plataforma chinesa dá a entender que todos foram pagos pelo governo catariano para estar simularem a torcida pelo Brasil.

“A Fifa pagou para você estar aqui?”, questiona o humorista e influenciador digital aos fãs. Eles parecem confirmar essa informação e um dos torcedores declara até que é fã da Seleção Argentina, mas que teria sido pago para torcer pelo Brasil.

Os torcedores, todos de origem bengali ou indiana, também citaram o craque brasileiro Neymar Jr., de 30 anos, como o jogador favorito da Seleção Canarinho.

No entanto, eles não souberem nomear nenhum outro jogador do Brasil.

“Não sou fã de futebol, sou fã de críquete”, comenta um dos torcedores a Jon-Bernard Kairouz na gravação que já conta com quase três milhões de visualizações no TikTok.

Foto: Reprodução

Como lembra o site australiano News, a gravação viral de Kairouz surge depois que vários relatos circularam na internet sobre torcedores de todo o mundo que teriam sido pagos para participar do torneio, como uma forma de “melhorar a imagem” da primeira Copa do Mundo da Fifa no Oriente Médio.

A Fan Leader Network (Rede Líder de Fãs) do Catar ofereceu viagem, acomodação e assento na cerimônia de abertura do torneio e apenas pediu aos torcedores que se comportassem com entusiasmo e compartilhassem conteúdos positivos nas redes sociais para gerar assunto, informa o site australiano.

No perfil de Jon-Bernard Kairouz no TikTok, embora o humorista tenha flagrado vários torcedores supostamente pagos pelo governo catariano, muitos de seus seguidores criticaram o vídeo e a forma como foi editado.

Internautas também argumentaram que muitos desses torcedores na Copa do Mundo eram trabalhadores da construção civil originados do exterior e, portanto, realmente foram pagos para estar lá, mas não necessariamente para serem fãs das seleções.

“Esses caras trabalharam na construção dos estádios e ganharam ingressos”, comenta um usuário, citado pelo News. “Tão triste que você tenha de vir de um país que não está na Copa do Mundo e torcer para outra seleção… Você é um fã falso”, escreve outro.

“Por que você está chamando eles de ‘torcedores falsos’? Não importa de onde são e se torcem pelo Brasil. Eles torcem pelo Brasil. Quem é você para chamá-los de ‘torcedores falsos’?”, questiona um seguidor na plataforma chinesa.

Via Trends BR

Veja também
Recentes
Memes do vovô
Memes do vovô