Sorriso também decide abandonar máscaras

Deve ser facultativo, opcional: usará a máscara quem quiser. Seguindo decisões do Distrito Federal e de Santa Catarina, assim como do município de Nova Mutum, a Prefeitura de Sorriso convocou uma reunião extraordinária do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus – Covid-19 para deliberar sobre o assunto.

De maneira democrática, os integrantes do Comitê, que vêm se reunindo rotineiramente desde o dia 16 de março de 2020, quando o colegiado foi instituído oficialmente, decidiram por desobrigar a população do uso do equipamento de proteção individual. Para oficializar a decisão do Comitê,  deve chegar para sanção do prefeito a lei que já estava sendo costurada pelos integrantes do legislativo. “Desde outubro estamos trabalhando neste sentido, tanto para proibir a cobrança do passaporte sanitário, assim como para desobrigar a população do uso da máscara”, informou o vereador Iago Mella.

Após o trâmite legal do processo, o que deve ocorrer já na próxima semana, oficialmente os sorrisenses poderão abrir mão do equipamento de proteção individual (EPI). Presente à reunião, o deputado estadual Faissal Kalil também crê que o processo de desobrigação do uso da máscara ocorra em esfera estadual e lembra que a definição de questões sanitárias é uma prerrogativa do Poder Executivo.

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, destacou o papel crucial do Comitê em todos os momentos de gestão da pandemia. “Sempre tomamos decisões de maneira coletiva e esta união entre todas as esferas representa uma vitória para toda a sociedade”, declarou o gestor, acrescentando que, de maneira madura, é favorável à flexibilização do uso da máscara.

Se nesta sexta-feira (4 de março de 2022), quase dois anos depois da instalação do Comitê é possível falar em se despedir do máscara que tampa o rosto, é porque a vacina que pica o braço vem conseguindo permitir o controle da doença. Atualmente, 24.614 casos de Covid-19 foram registrados em Sorriso, com 24.293 notificações de cura. O boletim 632 também traz a informação que 79 sorrisenses estão com o Sars-Cov-2 ativo no organismo e que 242 pessoas foram vitimadas pela doença no Município.

O mesmo documento também informa que já foram aplicadas 152.148 doses de imunizantes contra a Covid-19.  Deste montante, 76.689 pessoas tomaram apenas uma dose da vacina. Outros 64.783 receberam duas doses ou então a vacina em dose única. Já pouco mais de 10 mil sorrisenses já receberam a dose de reforço da vacina. “De maneira democrática e alicerçada na liberdade individual, quem quiser continuando a usar a máscara será livre para fazê-lo, mas trabalhamos para que o uso do equipamento de proteção deixe de ser uma imposição para se tornar uma opção”, pontua o gestor.

Fonte: FolhaMax

Veja também
Recentes