Preterido? Filho mostra quadros na casa da mãe e foto minúscula dele surpreende. Veja vídeo:

O goiano Kewen Vasconcellos trouxe risadas e reflexões aos internautas ao compartilhar um vídeo mostrando o que acredita ser uma prova de ser o filho preterido por sua mãe. O vídeo, que rapidamente se tornou viral nas redes sociais, revela a decoração da casa da matriarca repleta de quadros com fotos dos filhos, exceto de Kewen, cuja imagem é representada apenas por uma pequena foto 3×4.

Via Metrópoles

No vídeo, Kewen percorre os cômodos da casa de sua mãe, destacando as várias fotos de seus irmãos emolduradas e exibidas com destaque nas paredes. Quando chega à sua própria imagem, ele mostra apenas uma pequena foto 3×4, que contrasta visivelmente com as fotos maiores e mais elaboradas dos irmãos. “Será que sua mãe tem preferência de filho?”, brinca Kewen, arrancando risadas dos espectadores.

O vídeo de Kewen rapidamente ganhou popularidade, acumulando milhares de visualizações, curtidas e compartilhamentos. Comentários variaram entre risadas solidárias e brincadeiras sobre a situação. Muitos usuários compartilharam histórias semelhantes de aparentes favoritismos em suas próprias famílias, tornando a postagem um espaço de identificação e humor.

Embora o vídeo de Kewen seja claramente humorístico, ele também levanta uma discussão sobre o favoritismo parental e suas percepções. Estudos mostram que a percepção de favoritismo pode afetar a dinâmica familiar e a autoestima dos filhos. No entanto, é importante lembrar que muitas vezes, essas percepções podem ser subjetivas e não refletir a verdadeira afeição dos pais por todos os seus filhos.

A viralidade do vídeo de Kewen Vasconcellos não só trouxe risadas, mas também proporcionou uma plataforma para discutir temas familiares de maneira leve e acessível. A popularidade do vídeo demonstra como situações cotidianas e familiares podem ressoar amplamente nas redes sociais, unindo pessoas através de experiências compartilhadas.

O caso de Kewen Vasconcellos é um exemplo perfeito de como momentos de humor familiar podem ganhar vida própria na internet, gerando discussões e, acima de tudo, risadas. Enquanto o favoritismo parental pode ser um tema sensível, o tratamento leve e humorístico de Kewen mostrou que é possível abordar essas questões de maneira a unir e entreter as pessoas.

Veja também
Recentes