Patrocinado por Felipe Neto, abrigo para animais resgatados no RS começa a ser construído. Veja vídeo:

Na noite desta quinta-feira (9/5), a médica e voluntária Dra. Stephanie Ângelo compartilhou em suas redes sociais o início das obras de um abrigo temporário para animais resgatados no Rio Grande do Sul. Este projeto é patrocinado pelo influenciador digital Felipe Neto, que também adquiriu 220 purificadores de água para ajudar as vítimas das recentes catástrofes na região.

Via Metrópoles

As enchentes no Rio Grande do Sul provocaram uma situação de emergência, afetando milhares de pessoas e animais. Segundo o Grupo de Resposta a Animais em Desastres (GRAD), mais de dois mil animais foram resgatados desde o início das enchentes. A iniciativa de Felipe Neto, em conjunto com a atuação de voluntários como a Dra. Stephanie Ângelo, tem sido crucial para minimizar o impacto dessas tragédias.

A doação de 220 purificadores de água por Felipe Neto é uma resposta imediata às necessidades básicas das vítimas das enchentes. A falta de água potável é uma das principais preocupações em situações de desastres naturais, e a distribuição desses purificadores visa garantir o acesso à água limpa, prevenindo doenças e melhorando a qualidade de vida das famílias afetadas.

Além da ajuda direta às pessoas, a preocupação com os animais resgatados também é evidente. O abrigo temporário patrocinado por Felipe Neto oferece um local seguro para os animais que foram deixados desabrigados pelas enchentes. A construção desse abrigo é um passo essencial para garantir que esses animais recebam cuidados adequados até que possam ser realocados ou devolvidos aos seus donos.

A resposta às catástrofes no Rio Grande do Sul destaca a importância da solidariedade e da cooperação entre a sociedade civil e figuras públicas. A atuação de Felipe Neto e dos voluntários demonstra como ações coordenadas podem fazer a diferença em momentos de crise. Essas iniciativas não só ajudam a aliviar o sofrimento imediato, mas também inspiram outros a contribuírem para a reconstrução e o apoio às vítimas.

Ações como essas são essenciais para superar desafios e construir uma sociedade mais resiliente e solidária.

Veja também
Recentes