Pais protestam contra afastamento de diretora e coordenadora de creche. Veja vídeo:

Na tarde desta quinta-feira (02), uma manifestação organizada por pais e familiares de alunos do Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Rosângela Campos, localizado no bairro Pedregal em Cuiabá, reuniu-se em frente à instituição. O protesto visava apoiar a diretora Giselle da Cunha Bruno e a coordenadora Izabel Cristina Romeiro Coelho, recentemente exoneradas em meio a alegações de maus-tratos a uma criança.

Via RepórterMT

A exoneração das funcionárias ocorreu após a denúncia de uma mãe, que relatou à polícia na última semana que sua filha havia sofrido repetidos maus-tratos, evidenciados por hematomas. Segundo a mãe, não era a primeira vez que notava tais marcas na criança, e ela havia inclusive apresentado fotos dos ferimentos à diretora, que não conseguiu explicar as causas.

Os manifestantes argumentam que a decisão da prefeitura foi precipitada, pois ainda está pendente a conclusão do laudo pericial que investiga a veracidade das alegações. Eles acreditam que as exonerações foram realizadas sem a devida consideração pelas investigações em andamento.

Em resposta ao incidente, a prefeitura nomeou um interventor para atuar temporariamente na gestão da creche e iniciou um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para investigar as supostas condutas impróprias atribuídas à diretora e à coordenadora.

A situação gerou um debate acalorado sobre os procedimentos de segurança e a supervisão em instituições de ensino infantil, destacando a necessidade de protocolos claros e transparentes para proteger tanto os funcionários quanto os alunos. O caso sublinha a complexidade das questões de gestão em ambientes educacionais, onde a segurança das crianças deve sempre ser a prioridade.

A comunidade escolar e os familiares aguardam ansiosamente os resultados das investigações, esperando que a justiça prevaleça e que medidas eficazes sejam implementadas para evitar futuros incidentes.

Veja também
Recentes