Morador de Cáceres anda de caiaque dentro de casa. Veja vídeo:

Uma moradora do bairro Vila Nova, em Cáceres (220km de Cuiabá), publicou nas redes sociais um vídeo em que ela anda de caiaque dentro da própria casa e no quintal da residência.

Isso porque, com as fortes chuvas que atingiram Cáceres na noite deste último sábado (10), ruas e casas foram tomadas pela água em diversos bairros da cidade, ficando completamente alagadas.

Luana da Gama, a mulher que aparece no vídeo, comentou o caso. “Eu estava trabalhando, vindo pra casa lamentando as casas que eu passava e via alagadas, mal sabia eu que iria andar de caiaque dentro da minha casa”, disse.

No bairro Cohab Velha, moradores andavam nas ruas com água até a cintura. Na Rua Padre Cassimiro, carros tinham dificuldade de se locomover pela altura da água e só alguns se arriscaram a seguir em frente.

Este incidente não é apenas uma curiosidade visual, mas um testemunho das dificuldades enfrentadas pelos moradores de áreas suscetíveis a inundações, realçando a resiliência e a criatividade empregadas para lidar com situações adversas.

A situação descrita por Luana, expressando sua surpresa e adaptação inesperada ao usar um caiaque dentro de casa, evidencia a gravidade das enchentes que afetaram Cáceres, transformando ruas e residências em canais de água.

A situação na Cohab Velha, onde moradores foram forçados a caminhar com água até a cintura, e na Rua Padre Cassimiro, com carros lutando para se mover pela água alta, destaca a extensão do alagamento e os desafios enfrentados pela comunidade para manter a mobilidade e a segurança.

Esses relatos sublinham a necessidade urgente de medidas preventivas e de planejamento urbano eficazes para mitigar os riscos de inundações, como a melhoria da infraestrutura de drenagem, a implementação de sistemas de alerta precoce e a promoção de práticas de construção que considerem os riscos de enchentes.

A experiência de Luana e dos moradores de Cáceres serve como um lembrete da importância de políticas públicas e ações comunitárias coordenadas para enfrentar os desafios impostos pelas mudanças climáticas e eventos meteorológicos extremos.

Via MidiaNews

Veja também
Recentes