Imagens mostram pescadores pescando com arco e flecha no Pantanal mato-grossense. Veja vídeo:

Imagens mostram um vídeo publicado nas redes sociais que trouxe à tona uma prática antiga dos pantaneiros de Mato Grosso: a pesca com arco e flecha. Compartilhado pelo perfil de Rafael Guerreiro no TikTok, o vídeo alcançou mais de 4,8 milhões de visualizações, destacando-se como um verdadeiro fenômeno viral.

No vídeo, os pescadores utilizam arco e flecha para capturar um Pacu, peixe típico da região pantaneira. Essa técnica, que remonta aos primórdios da humanidade, é uma expressão da conexão íntima entre os pantaneiros e a natureza. Além de ser uma forma sustentável de pesca, ela exige habilidade e precisão, características admiradas pelos locais.

Um dos pescadores, em tom de comemoração, diz: “Aí gurizada, não está acreditando que nós pega na arco e flecha, está filmado, falam ‘ah, não pega’ olha aí, vai embora na flecha”. O vídeo demonstra a autenticidade e a destreza dos pescadores, além de desmistificar a ideia de que a pesca com arco e flecha seria ineficaz.

Rafael Guerreiro, que compartilha seu cotidiano no Pantanal com seus 19 mil seguidores, tem utilizado suas plataformas para mostrar as belezas e tradições da região. A viralização do vídeo não apenas destaca essa prática, mas também coloca o Pantanal no mapa de muitos curiosos e entusiastas de pesca.

A pesca com arco e flecha no Pantanal é mais do que uma técnica de captura; é um símbolo cultural. Ela representa a resistência das tradições locais frente à modernidade e as pressões econômicas. Práticas como essa ajudam a preservar o patrimônio cultural e natural da região, incentivando um turismo sustentável e consciente.

Para quem deseja explorar essa prática, é recomendado visitar a região durante a temporada de pesca, que vai de março a outubro. Além disso, é essencial estar preparado com os equipamentos adequados e respeitar as regulamentações locais para a conservação do meio ambiente.

Veja também
Recentes