Festa tem “Fuzil para o alto” em frente a posto policial. Veja vídeo:

Uma festa de Carnaval em frente ao Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do Jardim Catarina, em São Gonçalo (RJ), gerou polêmicas nas redes sociais nesse sábado (10/2). Um grupo de foliões foi visto “ostentando” réplicas e simulacros de armas de fogo durante a folia.

O 7° BPM (São Gonçalo) chegou a emitir um comunicado reprovando o comportamento.

A festa de Carnaval em São Gonçalo, onde foliões foram vistos com armas de fogo, provocou uma onda de controvérsia, refletindo as tensões sociais e as preocupações com a segurança pública.

A proximidade do evento ao Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do Jardim Catarina e a escolha dos participantes de “ostentar” esses itens durante as celebrações trouxeram à tona questões sobre a responsabilidade e a percepção da violência em contextos festivos.

A reação do 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de São Gonçalo, expressando reprovação a esse comportamento, sublinha a seriedade com que as autoridades encaram a exibição de armas, mesmo que falsas, em público.

Esse episódio evidencia a importância de conscientizar a população sobre o impacto negativo que tal comportamento pode ter na percepção de segurança da comunidade, além de potencialmente incitar o pânico ou mal-entendidos.

A polêmica gerada nas redes sociais demonstra a sensibilidade do público a questões de segurança e a necessidade de promover um ambiente de celebração que respeite os valores de paz e segurança coletiva. Este incidente serve como um lembrete crítico da necessidade de diretrizes claras e da vigilância em eventos públicos para garantir que a festividade não seja manchada por ações que possam ser interpretadas como ameaças à segurança ou ao bem-estar dos participantes e da comunidade ao redor.

Via RepórterMT

Veja também
Recentes