“Do jeito que está, com o governo metendo a mão e querendo taxar tudo, não dá” Diz Rubens Ometto. Veja vídeo:

Neste sábado (9), Rubens Ometto, renomado empresário brasileiro, manifestou críticas contundentes à política econômica do governo durante o painel do ‘Fórum Esfera’. Ometto, que doou R$ 1 milhão ao PT durante a campanha presidencial, não poupou palavras ao avaliar as recentes medidas econômicas adotadas.

Em sua fala, Ometto destacou a crescente intervenção do governo na economia como um dos principais obstáculos ao desenvolvimento do país. “Do jeito que está, com o governo metendo a mão e querendo taxar tudo, não dá”, afirmou o empresário, ressaltando a insatisfação com a elevada carga tributária e a falta de segurança jurídica para investimentos. A crítica reflete uma preocupação comum entre empresários que enfrentam desafios para operar em um ambiente econômico instável​​.

Ometto também questionou a postura do governo em relação ao respeito às leis, sugerindo que a “autoridade máxima” do país estaria agindo de maneira a não cumprir adequadamente as normas estabelecidas. “Como a gente vai melhorar o nosso país se a autoridade máxima faz tudo para não obedecer as leis?”, indagou. Esse ponto de vista é compartilhado por muitos no setor empresarial, que veem a insegurança jurídica como um impedimento significativo ao crescimento e à atração de novos investimentos​.

Rubens Ometto é uma figura influente no cenário empresarial brasileiro, atuando como presidente do conselho de administração da Cosan, uma das maiores empresas de energia e infraestrutura do país. Sua crítica ganha ainda mais peso considerando seu apoio financeiro à campanha do PT, indicando uma decepção com o atual direcionamento econômico do governo​​.

A fala de Ometto no ‘Fórum Esfera’ destaca a necessidade de reformas estruturais que possam garantir maior estabilidade econômica e segurança jurídica. Para muitos analistas, as declarações do empresário reforçam a urgência de um diálogo mais profundo entre o governo e o setor privado para alinhar políticas que promovam o crescimento sustentável do país.

As reações às críticas de Ometto ainda estão se desenrolando, mas sua posição deixa claro que, para uma parte significativa do empresariado, mudanças são essenciais para restaurar a confiança e fomentar o desenvolvimento econômico no Brasil.

Veja também
Recentes