Cantor é preso suspeito de agredir esposa grávida que o acordou com café da manhã na cama em Nova Mutum. Veja vídeo:

Em um caso chocante que reverberou pela cidade de Nova Mutum, um cantor sertanejo de 38 anos foi preso nesta quarta-feira, suspeito de agredir brutalmente sua esposa de 24 anos, que está grávida de seis meses. O incidente, que ocorreu durante um feriado, levantou sérias questões sobre violência doméstica e o tratamento de mulheres grávidas.

Via G1

De acordo com relatos da Polícia Militar, os oficiais foram acionados pela própria vítima. Ao chegarem ao local, encontraram a mulher chorando e trancada do lado de fora de sua casa. Ela relatou que havia preparado um café da manhã surpresa para o marido, na tentativa de agradá-lo com a gentileza matinal. Contudo, a reação do cantor foi violentamente negativa.

Segundo a vítima, o cantor reagiu com ira por ter sido acordado, chutando-a na barriga e empurrando-a com força. O conflito escalou rapidamente, com o cantor quebrando um espelho e danificando a porta do banheiro antes de expulsar a esposa para fora de casa e atirar o prato de café da manhã em sua direção. Após as agressões, ele teria retornado para a cama para continuar dormindo.

A mulher foi levada ao hospital local apresentando ferimentos e dores abdominais, o que acendeu um alerta sobre o risco para a saúde do bebê. A comunidade local e as redes sociais reagiram com indignação e apoio à vítima, destacando a necessidade urgente de conscientização e de medidas mais eficazes no combate à violência doméstica.

Este caso destaca não apenas as consequências da violência doméstica, mas também a importância do suporte comunitário e legal para as vítimas. O cantor, cuja identidade não foi revelada para proteger a privacidade da família, agora enfrenta sérias acusações legais, enquanto a comunidade local reflete sobre as ações necessárias para prevenir futuras tragédias.

Veja também
Recentes